Pesquisar
Home Institucional Produtos Galeria de Fotos News Perguntas Frequentes Localização Contato
   
 

0 produto(s) adicionado(s)

Ver Lista

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail.

Visite também

Blog
 
Localização
 
Escolha a categoria Escolha a variedade
 
Planta Destaque
 
» ARQUIVO
» Dezembro
» Novembro
» Outubro
» Setembro
» Agosto
» Junho
» Maio
» Abril
» Janeiro
» 2018
» 2017
» 2016
» 2015
» 2014
» 2013
» 2012
Budleia

Budleia


Gênero com cerca de 100 espécies de arbustos, as vezes árvores e plantas trepadeiras e algumas herbáceas, sempre verdes ou semi sempre verdes ou de folha caduca. Elas ocorrem no seu lugar nativo ao longo de rios, em áreas rochosas e matagais na Ásia, África assim como na América do norte e América do Sul. Elas são cultivadas por causa de seus cachos de pequenas flores tubulares, normalmente fragrantes e em alguns casos por causa de sua folhagem em forma de lança de forma ovalada. Todas, com exceção das trepadeiras, são indicadas para o uso em canteiros mistos de arbustos ou podem ser usadas isoladamente ou em grupos dentro de grandes gramados. Muitas delas são altamente atrativas para os insetos

Cultivo: No Brasil todas as Budleias são cultivadas nos jardins onde elas preferem lugares em pleno sol, solos férteis (argila), bem drenados a secos. Solos ricos em calcário e pH mais alto (alcalino) são melhores, mas ela aceita uma grande variedade de solos. Budleia davidii deve ser podada drasticamente para ficar em forma. A maioria das espécies deve ser podada conforme grupo 6, as Budléias alternifólia, covilei e globosa conforme grupo dois (os últimos dois precisam um mínimo de poda).

Buddleja davidii: “Lilás do verão” ou “arbusto das borboletas” são nomes populares no exterior para este arbusto de crescimento rápido, folha caduca e altamente atraente para diversos insetos. Durante o verão até o outono ele ganha densos cachos de flores (até 30 cm de comprimento) flagrantes nos cores lilás, purpúrea, branco... (conforme variedade). As Buddlejas podem ser usadas em cores isoladas ou de forma mista entre si. Muito indicadas para cercas vivas informais, podem ser combinadas com plantas como Weigelias, Hibiscus syriacus, Abelias ou outros arbustos floridos; especialmente indicados para a formação de jardins atrativos à borboletas, onde pode ser também combinada como planta de fundo e com Pentas, Rosmarinus, Lavandula na frente. Planta muito robusta, ideal para espaços verdes das municipalidades. Ela pode atingir 3 m de altura e até 5 m de largura se não podada. A origem desta planta é China e Japão. Indicada para as zonas climáticas 6 a 9 (-1 a -23°C).
 
         
 
Floricultura Úrsula EMPRESA
Institucional
News
Perguntas Frequentes
Localização
Trabalhe Conosco
Contatos
SEGMENTOS
Gartencenter
Samenhaus
Atacado
COMPARTILHE
Floricultura Ursula © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Wcm3 Agência Web Digital Feeling Estúdio de Criação