Pesquisar
Home Institucional Produtos Galeria de Fotos News Perguntas Frequentes Localização Contato
   
 

0 produto(s) adicionado(s)

Ver Lista

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades e promoções em seu e-mail.

Visite também

Blog
 
Localização
 
Escolha a categoria Escolha a variedade
 
Planta Destaque
 
» ARQUIVO
» Setembro
» Agosto
» Junho
» Maio
» Abril
» Janeiro
» 2018
» 2017
» 2016
» 2015
» 2014
» 2013
» 2012
Flor de Natal

Flor de Natal

 
A poinsettia, também conhecida como flor de Natal, estrela de Natal ou bico-de-papagaio é uma planta originária do México e pertence à família das Euphorbiaceae. Caracteriza-se pelas suas folhas largas nas cores vermelho (a mais popular do Natal) e rosa. O que parecem ser as pétalas das flores, na verdade, são brácteas, ou seja, são folhas modificadas. Isso ocorre porque as verdadeiras flores da planta são pequeninas e quase insignificantes, não apresentando cores e formas atraentes. Assim, as brácteas, coloridas e exóticas, que surgem ao redor das flores verdadeiras, cumprem a função de embelezar.

É muito vendida na época do Natal, em pequenos vasos que são mantidos no interior da casa, no entanto, pode também ser plantada no exterior, local onde cresce como arbusto até 4 metros de altura se não for podada. Por ser uma planta tóxica, é preciso ter alguns cuidados em relação ao local da casa em que é colocada e com o seu manuseio, uma vez que pode causar dermatites tanto a pessoas como animais. Estas irritações não constituem riscos de intoxicações letais, uma vez que o seu grau de toxicidade é bastante fraco. Todas as suas partes são venenosas.
 
DIPLADENIA VERMELHA

DIPLADENIA VERMELHA

Trepadeira de rápido desenvolvimento, originária da Ámerica Tropical, pode atingir até 4 m de altura. As folhas são oblongas de 10 a 20 cm de comprimento. Floresce na primavera-verão. Prefere locais ao pleno sol e substrato úmido rico em matéria orgânica. Ideal para ser conduzida em treliças ou estruturas, além de apresentar crescimento acelerado em locais com altas temperaturas.
 
Jasmim leite

Jasmim leite

 
Nome Científico: Trachelospermum jasminoides
Nome Popular: Jasmim leite
Família: Apocynaceae

Trepadeira volúvel e lenhosa do Himalaia, muito ramificada, de crescimento médio com ramagem densa e leitosa. Folhas ovaladas, verdes escuras, brilhantes e coriáceas. Flores numerosas, perfumadas e de cor branca com corola torcida, formadas na primavera-verão. Apropriada para revestir caramanchões, pérgolas, pórticos e grades. Tolera temperaturas baixas.
 
ROSAS - A Rainha das Flores

ROSAS - A Rainha das Flores

 A Floricultura Ursula tem disponivel a maior coleção de rosas para jardins. Variedades de alguns dos melhores hibridadores do mundo, como por exemplo Tantau e Kordes.
Fazem parte das variedades escolhidas rosas trepadeiras, rasteiras, hibridas de chá e arbustivas. A rosa é uma planta lenhosa arbustiva, que passa o inverno sem folhas. Floresce na primavera e pode florescer mais vezes o ano.

 

 
 
Cereja japonesa rosa escura

Cereja japonesa rosa escura

 
Pequena árvore, originária da Ásia e muito tradicional no Japão. Com flores semi-dobradas e floração em tons avermelhados, durante o inverno, geralmente nos meses de junho e julho, quando poucas árvores apresentam floração. É uma espécie híbrida, com folhas caducas, que apresentam uma coloração bronzeada no outono, antes de sua queda.

Nome Científico: Prunus lannesiana
Nome Popular: Cereja japonesa rosa escura
Família: Rosaceae
 
NANDINA ANÃ

NANDINA ANÃ


Nandina anã
: Esta variedade baixa muito compacta atinge em torno de 45 cm de altura e 45 cm de diâmetro. No inverno ela se torna completamente vermelha dando aquele toque colorido nos jardins serranos. O seu hábito natural em forma de bola faz dela uma planta que pode ser usada no lugar das topiarias sem necessidade de constante poda. Ela comporta bem temperaturas baixas e geadas de até -17ºC. Trata-se de uma novidade no Brasil. Ela pode ser usada isolada ou em grupos de 3 a 5 plantas. Combina bem com coníferas e gramíneas bem como com flores da estação em cores distintas.

Cultivo: Deve ser plantada em lugares um pouco protegidos, contra um parede, um muro ou junto a uma construção, prefere lugares úmidos mas bem drenados, lugares ao pleno sol mais vai muito bem também em lugares de meia sombra ou sombra parcial. Comporta bem temperaturas baixas inclusive geadas.




 

" Acer Palmatum "


      


Nome popular: Bordo Japonês

Família: Aceraceae

Origem: Japão, Coréia, China

Altura: pode variar muito conforme variedade, media normal fica entre 4,5m a 7,50m; a largura se igual a altura.

Habito: redondo a largo- redondo; as vezes os galhos se deitam; a planta pode ser cultivado em forma de arvore pequena com um
tronco ou como arbustos com múltiplos troncos ( galhos). A ultima alternativa deve ser a mais adequada pelo fato que a           planta assim pode demonstrar o seu maior valor ornamental.

Clima: Resistência ao frio nas zonas 5 a 8 ( menus 7 a menus 20 Grau Celsius) depende da cultivar.

Crescimento: Desenvolvimento como planta jovem e rápido, mas com a idade mais lento alcançando 3,00m a 4,50m num período de 10 anos.

Valor ornamental no paisagismo: O seu maior valor como planta ornamental e a grande adaptabilidade nas mais diversas           situações paisagísticas. Magníficos exemplares isolados, planta de destaque, cerca viva informal, em grupos, como bonsai de jardim, ele da um toque artístico e aristocrático. As folhas aparecem cedo na primavera num tom verde claro são verdes durante o verão e se tornam amarelos, bronze, laranja, púrpura ou vermelha no outono. Planta indicada para o uso em calçadas (atenção drenagem e abertura suficiente na calçada)


   
 
Gelsemium sempervirens

Gelsemium sempervirens

Trepadeira semi-herbácea, de crescimento moderado, ramificada, pouco florífera, originária dos Estados Unidos e América Central. Folhas simples, coriáceas, verde brilhantes e ovalado-lanceoladas. Flores solitárias, axiliares, amarelas, muito perfumadas, em forma de trombeta, formadas durante o verão e outono. Adequada para revestimento de grades, cercas e pórticos, a pleno sol, em solos enriquecidos com matéria orgânica, de boa drenagem e mantidos umedecidos. Aprecia o frio mas tolera climas subtropicais.
  • Arbusto
  • Planta trepadeira
  • Flor cheirosa
  • Floresce do verão ao outono
  • Ideal para o pleno sol
 
Gomphrena

Gomphrena

 
Planta anual (verão) de fácil cultivo em solos comuns, bem drenados ao pleno sol. Plantas adultas mostram boa resistência contra seca, mas plantas em desenvolvimento precisam umidade regular durante e período de crescimento. A planta adulta tem boa resistência ao calor (litoral). Origem da planta Panamá e Guatemala. Altura entre 20 a 60 cm dependendo da variedade.

Nome Científico: Gomphrena globosa
Nome Popular: Sempre Viva
Família: Amaranthaceae
 
Bougainvillea - Três Maria

Bougainvillea - Três Maria

 
São plantas trepadeiras com espinhos originárias da América tropical e subtropical. Muito cultivada em todo mundo, de crescimento vigoroso formando troncos lenhosos. Suas folhas são ovaladas e alternadas. As flores singelas ou dobradas apresentam-se pequenas e tubulares, envolvidas por três brácteas vistosas, bem coloridas em forma de pétala com inflorescências terminais grandes que surgem dos caules arqueados ou pendentes durante vários meses do ano.

Nome Científico: Bougainvillea spectabilis
Nome Popular: Três Maria amarela / branca / laranja / pink / rosa / roxa / variegata / telha / vermelha
Família: Nyctaginaceae
 
         
 
Floricultura Úrsula EMPRESA
Institucional
News
Perguntas Frequentes
Localização
Trabalhe Conosco
Contatos
SEGMENTOS
Gartencenter
Samenhaus
Atacado
COMPARTILHE
Floricultura Ursula © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: Wcm3 Agência Web Digital Feeling Estúdio de Criação